Joao Carlos Rocha

O que o ano novo espera de mim?

Para apreciar como está sua vida e elaborar suas ações, baixe gratuitamente esta ferramenta.

Há um provérbio chinês que diz: o plantio é opcional, a colheita é obrigatória.

Por um lado isso é muito animador, pois há sempre a possibilidade de colhermos algo de bom mesmo quando nada tenhamos feito para merecê-lo.

Entretanto, na prática, tal fato parece ser uma exceção. É como deixar um terreno abandonado e esperar que nele surja um lindo pomar, com árvores frondosas e frutos variados. Será que vai?! O mais provável é que nesse terreno se origine um matagal, que logo será povoado por – sabe Deus de onde vêm – ratos, cobras e lagartos.

Pensando na minha trajetória de vida, o que colhi de bom a cada novo ano quase sempre foi fruto de planejamento e ação. Foi resultado do meu trabalho individual e – principalmente – do que realizei com o apoio de outras pessoas. Isso, tanto no campo pessoal, como no profissional e em outros campos da vida.

Por isso, vale a pena, como sugere o pensador e humanista argentino González Pecotche, em vez de se perguntar “o que esperar do ano novo?”, perguntar-se: o que o ano novo espera de mim?

 

Para apreciar como está sua vida e elaborar suas ações, baixe gratuitamente esta ferramenta.

Ah! Deixe seu comentário, é muito importante para mim. E, claro, compartilhe! 😀

Comente, curta, compartilhe!

Sobre o autor | Website

João Carlos Rocha é coach de executivos, consultor empresarial, palestrante e escritor. Atua nas maiores e melhores empresas do Brasil, prestando consultoria nas áreas de planejamento estratégico, team building e gestão de pessoas. É coautor do livro Ser Mais com T&D e autor do livro Os 7 Portais de Jaspe.

Receba nossas melhores dicas e conteúdos.

Fique tranquilo. Odiamos Spam!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!